Livro Sentir para Sanar

Livro Sentir para Sanar – Christian Flèche

Criador da Biodécodage

R$117,70

226 em estoque

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Descrição

O livro Sentir para Sanar, traz uma forma simples de entender ao observar o paciente, levantar as hipóteses sobre o que se esconde atrás das enfermidades ou comportamento. É uma ferramenta que faz entender as duas estruturas borracha e tinteiro.

Ao conhecer essas estruturas nos permitirá:
– ir rapidamente à origem do problema;
– encontrar a experiência raiz, inconsciente;
– determinar a atitude adaptada (tratar a causa para tratar o efeito);
– e, finalmente, ser profiláticos.

1. Borracha: conflito de me sentir agredido, então me separo, me escondo para não ser machucado. Se me atacam: eu apago. E vamos associar as enfermidades relacionadas com essa estrutura de perder massa, necrosar, anorexia, surdez etc. As enfermidades físicas e transtornos comportamentais serão manifestados no desaparecer, fazer menos.

2. Tinteiro: conflito de estar separada do contato positivo. Como há um abandono, a solução será se encher. As enfermidades serão em forma de aumento de massa, gordura, tumor, zumbido. Vamos acumular para preencher o vazio. Tanto as enfermidades físicas como os transtornos comportamentais serão manifestadas no fazer mais.

“Tomar o positivo, ou avaliado como tal, afastar-se do negativo, ou avaliado como tal, e aplicar isso em todos nossos planos de realidade”

Especificações:
Título: Sentir para Sanar
Autor: Christian Flèche
Tipo de capa: Comum
Número de páginas: 216 páginas
Editora: Instituto e Editora Cintia Chiarelli
Origem: Internacional
Edição: 1ª
Idioma: Português
ISBN : 9786599119705
Dimensões do produto: 18x24cm.
Peso de envio: 390 g

Informação adicional

Peso 0.390 kg
Dimensões 32 × 25 × 3 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Livro Sentir para Sanar”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *